Nosso Srila Gurudeva

Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja

Na lua cheia do mês de Magha, em fevereiro de 1921, ocorreu o divino nascimento de Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja. Ele apareceu em uma família brahmana (sacerdotal) altamente culta e respeitada, na aldeia de Tiwaripura em Buxar, distrito de Bihar, Índia. Ele recebeu o nome de Sriman Narayana. Seus familiares eram Vaisnavas (devotos do Senhor) e desde a época em que era um bebê, seu pai o levava frequentemente em locais onde o épico Ramayana era recitado, o qual ele cresceu amando.

Em fevereiro de 1946 encontrou seu gurudeva, Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja, e sua vida de dedicação plena e exemplar ao seu gurudeva começou. Após aceitar as iniciações harinama e diksha dele, recebeu o nome Sri Gaura Narayana. Ele acompanhava seu gurudeva em suas longas turnês de pregação pela Índia, servindo-o pessoalmente e ajudando ativamente em sua pregação. Isso incluía a tarefa de hospedar regularmente milhares de peregrinos que compareciam aos festivais anuais do parikrama de Navadvipa-dhama e Vraja-mandala, que mesmo anos depois, ainda atrai milhares de devotos de todo o mundo.

Srila Gaura Narayana era conhecido por seu relacionamento afetuoso e respeitável com todos os Vaisnavas, em particular com dois irmãos espirituais, Sri Sajjana-sevaka Brahmacari e Sri Radhanatha dasa.* Esses três fortes Vaisnavas de alto calibre assumiram a responsabilidade pela missão de seu gurudeva harmoniosamente e cooperaram até o final de suas vidas. Em 1952, todos os três receberam a ordem de vida renunciada, e Sri Gaura Narayana se tornou Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja. No início de sua vida na matha (templo), ele encontrou Sri Srimad Bhaktivedanta Swami Maharaja (Srila Prabhupada), o pregador mundialmente conhecido do Gaudiya Vaisnavismo. No futuro, ele ofertaria o serviço mais elevado a Sri Srimad Bhaktivedanta Swami Maharaja, nutrindo as tenras sementes de Bhakti no coração de muitos dos seus discípulos e seguidores em torno do mundo.

Em 1954, Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja ficou responsável pelo templo Sri Kesavaji Gaudiya Matha em Mathura. Com ele, a matha floresceu, e os habitantes de Vraja recebiam o cuidado pleno daquele que é verdadeiramente um eterno residente de Vraja. Seu gurudeva o havia instruído a traduzir os escritos dos proeminentes Gaudiya Vaisnavas para o hindi, tarefa que assumiu religiosamente ao longo de toda sua vida, e que resultou na publicação de cerca de cinquenta textos neste idioma. Essas obras inestimáveis estão atualmente sendo traduzidas para as principais línguas do mundo.

Seu coração era radiante em abundante afeição, por transbordar com as mais profundas realizações dos passatempos de Radha e Krishna, onde residem automaticamente todas as verdades filosóficas. Aqueles que ouviam seu harikatha (narrações sagradas e discursos filosóficos) sentiam proteção suprema contra as investidas das misérias materiais, e experimentavam um profundo envolvimento com o caminho de Bhakti. Quando ele proferia o mahamantra Hare Krishna no momento da iniciação, ocorria o mesmo efeito. Ele era famoso por toda Vraja-mandala e no mundo inteiro pela maneira como transformava o coração das pessoas.

Durante muitos anos, ele viajou por toda Índia para propagar a mensagem do Gaudiya Vaisnavismo. Em meados de 1980, os primeiros devotos Ocidentais vieram receber sua orientação e, em 1996, por ser repetidamente solicitado por eles, foi para Europa e América. Durante os quatorze anos seguintes, ele viajou o mundo mais de trinta vezes. Onde quer que fosse, sua pregação possuía a característica singular e corajosa de desmascarar qualquer equívoco que obscurecesse os propósitos específicos do advento de Sriman Mahaprabhu, aderindo estritamente ao desejo de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada e em perfeita harmonia com as concepções de Srila Rupa Gosvami. Dessa forma, confirmando os gloriosos princípios da sampradaya (linhagem espiritual), ele desempenhou a função de um verdadeiro acarya (mestre que ensina pelo exemplo).

A característica mais encantadora de sua pregação era uma afeição contagiante que derretia o coração de todos. Como um uttama-bhagavata (devoto puro do Senhor), ele penetrava os mais profundos recônditos do coração para dar a garantia inequívoca de que ele é o eterno bem querente de todos.

Não pense que algum dia o deixarei – nunca, jamais. Eu estou sempre com você.

A profundidade da sua afeição era uma realidade tangível para aqueles que a experimentaram, e a própria testemunha subjetiva do fato de que ele era um verdadeiro missionário do Senhor Supremo. Como afirmavam inúmeros devotos, seu interesse genuíno pelo bem-estar espiritual de todas as almas era evidente, expresso em seu amor e afeição equânime para com todos. Ele não se preocupava se uma pessoa era seu discípulo, discípulo de outro ou pertencente a outra escola filosófica. Sua afeição divina não conhecia limites.

Com quase noventa anos de idade, em 29 de dezembro de 2010, às 3 horas da manhã, em Cakra Tirtha, Sri Jagannatha Puri-dhama no estado de Orissa, Índia, ele concluiu seus passatempos neste mundo. Este foi também o sagrado dia do aparecimento do seu amado irmão espiritual, nitya-lila pravista om visnupada Sri Srimad Bhaktivedanta Vamana Gosvami Maharaja. No dia seguinte, em Sri Navadvipa-dhama, o emissário supremo de Sri Gaurasundara (Sri Caitanya Mahaprabhu), a própria personificação de Sua compaixão singular, recebeu seu samadhi (rituais funerários sagrados).

Ele nunca deixará de residir em suas divinas instruções e nos corações dos seus devotos. Ele costumava dizer: “Não pense que algum dia o deixarei – nunca, jamais. Eu estou sempre com você”.

Humildemente e ansiando por sua misericórdia, nos prostramos aos seus pés de lótus e oramos para que abençoe nossas tentativas de sempre lhe oferecer algum serviço.
Aspirando servir Sri Guru e os Vaisnavas,
Equipe Rays of The Harmonist

Publicado pela primeira vez na revista The Rays of The Harmonist: “Um Vislumbre da Vida de nitya-lila pravista om visnupada Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja”.
Edição Vyasa-Puja, número 23
Mauni Amavasya 2011

loading
×
Scroll Up